Gold
Soberano Jovem

Soberano Jovem

Queijaria Belafazenda

A Belafazenda, em Bofete, interior de São Paulo, produz queijos de uma maneira especial. Desde o cuidado com os animais, cujo bem estar é prioridade, até o método de preparo dos laticínios.

Eles são feitos com o leite das 40 vacas Jersey da propriedade, rico em sólidos e ótimos para queijaria.

Com o produto de alta qualidade, vem um boa sorte de queijos, que nascem a partir de técnicas artesanais. O Soberano Jovem é um deles.

Com  casca protegida por uma bandagem de algodão e banha de porco, a massa é amanteigada e derrete na boca. O sabor é marcante e inesquecível.

 

Bacon de whisky

Bacon de whisky

Sto. Cutelo Charcutaria

Defumados, curados e embutidos feitos como antigamente. Essa é a proposta do Felipe Hakim, que vem se destacando no cenário da nova charcutaria brasileira. O objetivo do trabalho dele é chegar numa qualidade exuberante, com muita qualidade. É aí que nasce o bacon de whisky, o carro-chefe da casa.

Basta corta e comer como ele chega até você, para se apaixonar pelo sabor único da peça, feita com a parte magra do dianteiro do porco, maturada em whisky bom e defumado com lenha de pêssego.

 

 

Bruschetta de tomate seco

Bruschetta de tomate seco

La Pastina

Se há algo quase impossível de fazer sem uma técnica ninja de manipular a ponta da faca, é cortar tomate seco. A boa notícia é que esse italianinho já vem em mínimos pedaços, pronto para deitar sobre uma bela fatia de pão. Ou de se misturar em fios de massa ou direto para o prato, como acompanhamento de um bom bife grelhado ou filé de peixe empanado, por exemplo.

A qualidade é excepcional, o que valoriza o dulçor do tomate, evitando o amargor que pode vir na boca, quando o óleo do preparo poderia estar um degrau acima.

 

 

Mini arroz polido

Mini arroz polido

Ruzene

Aqui está o menor grão de arroz do mundo. E quer saber? Ele foi desenvolvido e é cultivado no nosso Vale do Paraíba. Nem bem nasceu e já caiu nas graças dos grandes chefs, que começam a desenvolver receitas com ele.

Em casa, anote, o grão arredondado com textura macia e aroma suave, levemente floral,  é perfeito para ser cozido al dente e receber legumes crocantes, salteados em boa manteiga. O conjunto de sabores e texturas que se completam é fascinante. Prefere ir além? Vai tranquilo, o céu é o limite para este pequeno grande arroz.

 

Café especial

Café especial

Wolff Cafés Especiais 

O Sítio Jatobá, do Otávio de Paiva Neto, na região de Inconfidentes, em Minas, acaba de soltar a nova safra do grão tipo Arara, cultivado a 1250 metros de altitude. Estamos falando de um café fino, com grande capacidade sensorial, independentemente do método de extração utilizado. Especialmente, no espresso, no entanto, ele revela toda a sua exuberância e as notas de castanhas e amêndoas, tão confortáveis para essa época do ano. Feito no coador, lembra um carinho de mãe. Dá vontade de abraçar a xícara com as mãos e ficar com ele para sempre.



Silver
Soberano Jovem

Soberano Jovem

Queijaria Belafazenda

A Belafazenda, em Bofete, interior de São Paulo, produz queijos de uma maneira especial. Desde o cuidado com os animais, cujo bem estar é prioridade, até o método de preparo dos laticínios.

Eles são feitos com o leite das 40 vacas Jersey da propriedade, rico em sólidos e ótimos para queijaria.

Com o produto de alta qualidade, vem um boa sorte de queijos, que nascem a partir de técnicas artesanais. O Soberano Jovem é um deles.

Com  casca protegida por uma bandagem de algodão e banha de porco, a massa é amanteigada e derrete na boca. O sabor é marcante e inesquecível.

 

 

Bacon de whisky

Bacon de whisky

Sto. Cutelo Charcutaria

Defumados, curados e embutidos feitos como antigamente. Essa é a proposta do Felipe Hakim, que vem se destacando no cenário da nova charcutaria brasileira. O objetivo do trabalho dele é chegar numa qualidade exuberante, com muita qualidade. É aí que nasce o bacon de whisky, o carro-chefe da casa.

Basta corta e comer como ele chega até você, para se apaixonar pelo sabor único da peça, feita com a parte magra do dianteiro do porco, maturada em whisky bom e defumado com lenha de pêssego.

 

 

Café especial

Café especial

Wolff Cafés Especiais

 

O Sítio Jatobá, do Otávio de Paiva Neto, na região de Inconfidentes, em Minas, acaba de soltar a nova safra do grão tipo Arara, cultivado a 1250 metros de altitude. Estamos falando de um café fino, com grande capacidade sensorial, independentemente do método de extração utilizado. Especialmente, no espresso, no entanto, ele revela toda a sua exuberância e as notas de castanhas e amêndoas, tão confortáveis para essa época do ano. Feito no coador, lembra um carinho de mãe. Dá vontade de abraçar a xícara com as mãos e ficar com ele para sempre.


« AnteriorPróximo »