Este mês


Gold
Pesto Rosso Trufado

Pesto Rosso Trufado

La Pastina

 

Há meses colocamos na caixa do Sabor Clube o pesto de tomate ao estilo genovês. Foi o maior sucesso. Agora, para a nossa alegria, o molho surge com tomate seco, bem picadinho, com adição de trufa negra dentro dele. Uau, que estrondo! O fungo confere um toque todo particular ao conjunto, especialmente quando misturado com massas ou brilhando sobre um polpetone (pode ser hambúguer também!).

Agora, uma dica: experimente incrementando a sua receita de estrogonofe. E depois conversamos... ;)

 

 

 

 

 

 

Geleia de café

Geleia de café

Mermeleia

 

O chileno Mauro Concha e o brasileiro Thiago Carmo são uns craques na produção de geleias de alto nível e sempre estivemos de olho no trabalho deles. A primeria reportagem sobre a Mermeleia em Sabor.club foi publicada logo nos primeiros números da revista (agora estamos na ed. 57!).

Ao longo do tempo, o trabalho deles, que já era incrível, evoluiu e surgiram novos sabores, incluindo misturas inusitadas. Recomendamos fortemente entrar no site da marca e conferir (ela vende por lá também). Entre todos eles, um é especialíssimo: café. Olha, quem algum dia já tentou fazer geleia sabe como é complicado trabalhar com o grão. E o Mauro e o Thiago chegaram num resultado espetacular: textura perfeita, sabor puro (nem doce, nem amargo), com a essência do café de qualidade.

A geleia por ser usada das mais diversas formas, desde o pãozinho até acompanhando carne de porco, embutidos e, claro, queijos!

 

 

 

Linguiça calabresa 3 pimentas

Linguiça calabresa 3 pimentas

Santo Cutelo

 

A primeira coisa que pensamos a respeito de uma linguiça bem curadinha com pimenta é picância, certo? Sim, quando o charcuteiro pesa na mão ou trabalha em escala industrial que, invariavelmente, compromete a pureza do produto. Nenhum dos casos se aplica ao Felipe Hakim, um estudioso na arte de embutir, defumar e curar. Para a linguiça escolhida para esta edição do Sabor Clube, ele foi buscar o mix de três pimentas, num jogo fascinante entre aroma, gosto e picância. O resultado é suave e realmente saboroso.

A linguiça é ótima pura (com uma cervejinha, vai?) e também enriquecendo um molho de tomate italiano (feito apenas com manteiga e calor) que, por exemplo, brilhará sobre uma polenta mais molinha.

 

 

 

 

 

 

 

 

Caldo de tucupi amarelo

Caldo de tucupi amarelo

Manioca

 

O caldo de tucupi, tão típico no norte do país, especialmente na culinária paraense, é uma das nossas mais valiosas iguarias. Isso porque ele tem sabor único, com acidez bem presente escorada por um umumi (o quinto sabor) cheio de personalidade. Não à toa, enlouquece os estrangeiros (chefs e amantes da boa mesa) que já comeram de tudo e conhecem o produto por aqui. Com o caldo de tucupi se faz o tacacá e o famoso pato no tucupi. O uso dele, no entanto, vai além. O líquido fermentado e temperado, extraído da raiz da mandioca brava amarela poe incrementar qualquer receita, acredite, com os mais variados sotaques. Aqui, o céu é o limite. E como é gostoso “brincar” com ele.

 

 

 

 

 

 

 

 

Pão Italiano

Pão Italiano

Carillo

 

A família Carillo faz pão há 100 anos no tradicionalíssimo bairro da Mooca, em São Paulo. A receita inicial tem mais tempo do que isso, uma vez que veio da Bota para cá, com os imigrantes. Hoje, são os herdeiros da família que mantém o negócio e fazem o mesmo pão, aparentemente rústico, mas com sabor sofisticado e textura inigualável. É uma honra para o Sabor Clube contar com um produto com tanta história na nossa caixa.



Silver
Pesto Rosso Trufado

Pesto Rosso Trufado

La Pastina

 

Há meses colocamos na caixa do Sabor Clube o pesto de tomate ao estilo genovês. Foi o maior sucesso. Agora, para a nossa alegria, o molho surge com tomate seco, bem picadinho, com adição de trufa negra dentro dele. Uau, que estrondo! O fungo confere um toque todo particular ao conjunto, especialmente quando misturado com massas ou brilhando sobre um polpetone (pode ser hambúguer também!).

Agora, uma dica: experimente incrementando a sua receita de estrogonofe. E depois conversamos... ;)

 

 

 

Linguiça calabresa 3 pimentas

Linguiça calabresa 3 pimentas

Santo Cutelo

 

A primeira coisa que pensamos a respeito de uma linguiça bem curadinha com pimenta é picância, certo? Sim, quando o charcuteiro pesa na mão ou trabalha em escala industrial que, invariavelmente, compromete a pureza do produto. Nenhum dos casos se aplica ao Felipe Hakim, um estudioso na arte de embutir, defumar e curar. Para a linguiça escolhida para esta edição do Sabor Clube, ele foi buscar o mix de três pimentas, num jogo fascinante entre aroma, gosto e picância. O resultado é suave e realmente saboroso.

A linguiça é ótima pura (com uma cervejinha, vai?) e também enriquecendo um molho de tomate italiano (feito apenas com manteiga e calor) que, por exemplo, brilhará sobre uma polenta mais molinha.

 

 

Caldo de tucupi amarelo

Caldo de tucupi amarelo

Manioca

 

O caldo de tucupi, tão típico no norte do país, especialmente na culinária paraense, é uma das nossas mais valiosas iguarias. Isso porque ele tem sabor único, com acidez bem presente escorada por um umumi (o quinto sabor) cheio de personalidade. Não à toa, enlouquece os estrangeiros (chefs e amantes da boa mesa) que já comeram de tudo e conhecem o produto por aqui. Com o caldo de tucupi se faz o tacacá e o famoso pato no tucupi. O uso dele, no entanto, vai além. O líquido fermentado e temperado, extraído da raiz da mandioca brava amarela poe incrementar qualquer receita, acredite, com os mais variados sotaques. Aqui, o céu é o limite. E como é gostoso “brincar” com ele.

 

 

 


« AnteriorPróximo »